Quinta, 15 Outubro 2020 11:09

Entrevista no Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito Destaque

Hoje está sendo comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito. A data é celebrada sempre na terceira quinta-feira do mês de outubro.

O Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (Woccu) anunciou como tema “Inspirando esperança para uma comunidade global”, destacando com o setor está trazendo esperança em um momento de crise.

O tema foi escolhido pelo Woccu em colaboração com o órgão setorial dos EUA da Credit Union National Association (CUNA). Eles estão incentivando as cooperativas de crédito de todo o mundo a compartilhar histórias sobre como estão fornecendo serviços financeiros, orientação e ajuda para ajudar membros e comunidades a superar obstáculos diários, perdas inesperadas ou desastres. Aqueles que comemoram o dia podem usar a hashtag #ICUDay nas mídias sociais para aumentar a conscientização sobre o trabalho do movimento.

https://www.cooperativismodecredito.coop.br/2020/05/dia-internacional-do-cooperativismo-de-credito-com-o-tema-inspirando-esperanca-para-uma-comunidade-global/

 

O Diretor Presidente do Sicoob Fluminense, Neilton Ribeiro da Silva, foi entrevistado pela Central Rio sobre o momento cooperativista.

Acompanhe:

  • Que lições 2020 trouxe para o cooperativismo de crédito? 

NRS- Na realidade o ano de 2020 está trazendo lições para toda a sociedade, em todos os níveis, em todos os segmentos e em diversas formas. Recentemente, disse em um artigo que um dos reflexos mais intensos surgidos no cooperativismo, em meio à pandemia pelo Covid-19, pelo menos a partir de março deste ano, é a certeza de que o movimento, que agrega pessoas e valores humanos, efetivamente é a forma mais justa de se viver em sociedade, sob os mais diferentes parâmetros de seu cotidiano. As pessoas puderam e estão podendo contar com as cooperativas de crédito, quanto a produtos e serviços, sem burocracia, de modo prático e amplo. Sendo assim, acreditamos no aumento de nossa responsabilidade quanto ao reforço desses valores e de ampliação do trabalho até aqui executado.

 

  • Qual a importância do Rio de Janeiro para o cooperativismo de crédito? 

NRS- Gradativamente vemos crescer no estado do Rio de Janeiro o movimento cooperativista. Ainda não está no patamar que desejamos, não obstante os esforços empreendidos para levar à comunidade uma nova e mais humana maneira de se operar no mercado financeiro. Mas acreditamos que trata-se de uma questão de tempo para alcançarmos um lugar ainda mais alto no topo dessa pirâmide de contato e atendimento ao público. O Rio de Janeiro sofre, como os demais estados, alguns reflexos não tão positivos em relação à economia nacional e mesmo internacional, mas o futuro é promissor – basta citarmos a implantação do Porto do Açu e termelétricas e o incremento da produção de gás em nossa região. Tudo isso, obviamente, vai ajudar a alavancar as cooperativas de crédito.  

  

  • Qual é a missão do Sicoob hoje no estado e no momento pós-pandemia? 

NRS- A nossa missão sempre foi a de oferecer ao público uma alternativa mais justa e humana, calcada em valores como união e partilha, para se lidar com a economia. Enfatizo que nossa responsabilidade aumenta agora, e no período pós-pandemia já estaremos prontos para o que vem sendo chamado de novo normal, dentro das regras sociais e de orientação dos órgãos de saúde. Estudos já divulgados demonstram que o cooperativismo de crédito aumenta o PIB per capita dos municípios em 5,6%, cria 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumenta o número local de estabelecimentos comerciais em mais de 15%. Além disso, as cooperativas de crédito têm maior capacidade de abertura de agências em municípios menores, com menos habitantes, do que os bancos tradicionais, democratizando o acesso a serviços e produtos bancários e crédito. Estamos aqui para apoiar e caminhar juntos com a sociedade, sempre atualizando técnica e operacionalmente nossa atuação.

 

  • Como os projetos do Instituto atuam nessa missão? 

NRS- O Instituto Sicoob tem sido um grande parceiro. Aliás, o Sicoob Fluminense tem estado na linha de frente em relação aos projetos desenvolvidos pela instituição, que vão da divulgação das ações do cooperativismo à capacitação profissional, passando pelo apoio a instituições diversas. Podemos ver isso no desenvolvimento do abrangente Dia C, no edital de seleção de unidades parceiras da cooperativa que possam desenvolver projetos de responsabilidade social abrigados por apoios legais de incentivo e pelos mais recentes cursos online. Este ano, o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito, nesta terceira quinta-feira de outubro, dia 15, tem como tema ‘Inspirando esperança para uma comunidade global’. Acreditamos que isso pode resumir o sentimento mútuo entre o Sicoob Fluminense e o Instituto Sicoob - um trabalho para um mundo melhor, integrado, sempre com muita esperança.

 

Neilto Ribeiro da Silva

Diretor Presidente do Sicoob Fluminense