Sexta, 29 Novembro 2019 16:49

3.º Encontro Cooperjovem reúne profissionais da educação em Campos Destaque

O auditório do Hotel Promenade SOHO, em Campos dos Goytacazes, ficou lotado de profissionais da educação e integrantes do Sistema Sicoob na sexta-feira, 29 de novembro, por conta da realização do 3.º Encontro Cooperjovem.

A cargo do Instituto Sicoob e desenvolvido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/RJ) e secretarias municipais de Educação, o programa Cooperjovem objetiva diretamente a divulgação do cooperativismo, a partir da capacitação de professores da rede pública, despertando entre estudantes a consciência sobre cooperação, com o emprego de metodologia pedagógica baseada no cooperativismo.

A ideia é a de levar ferramentas e meios para que os participantes desenvolvam projetos para incentivar e melhorar o aprendizado dos alunos e favorecer uma maior interação com os moradores das comunidades no entorno das escolas.

ENCONTRO

O Cooperjovem este ano capacitou 155 professores de 54 escolas em seis municípios: Três Rios, Mendes, Campos dos Goytacazes, Carapebus, São Fidélis e São Francisco de Itabapoana, beneficiando 19 mil e 461 alunos. O projeto é realizado com o apoio do Sicoob Fluminense, cooperativa de crédito com sede em Campos e atuação estadual, a partir da supervisão da assistente social Maria Clara de Oliveira, que teve o trabalho elogiado pela direção da instituição e representação das secretarias de educação. O Cooperjovem também recebe o apoio de outras cooperativas, como a Cecremef.

O Encontro Cooperjovem, que encerra as atividades anuais, é um momento de reflexão e diálogo entre todos os atores da educação, e este ano também serviu para a apresentação dos Projetos Educacionais Cooperativos escolhidos para implementação: “Família Viva” – Campos; “Reconstruindo ações”, Mendes; “Lugar de criança feliz”, Carapebus; “Parcerias entre famílias e escolas”, Três Rios; “Cidadania cooperativa”, São Fidélis; “Cooperando com a educação”, São Francisco do Itabapoana; “Tempo de parcerias : abaixo a violência, Campos; “Cuida de mim”, Três Rios; “Cooperando para um futuro melhor”, São Fidélis; “Estudos coletivos”, São Francisco do Itabapoana; “Vivendo a cooperação na escola”, Campos; “Semeando além das sementes”, Carapebus; “#Juntossomosmaisfortes”, Mendes; “Dividir espaços e juntar esforços”, São Francisco do Itabapoana; e “Cooper-AÇÃO : somos do tamanho do que vemos”, Três Rios.

Sohoa

Dividido em etapas que contaram com jogos didáticos e musicais e palestras, o evento foi conduzido por Iran Pitthan, doutor em linguística, instrutor de educação cooperativista para professores da rede municipal de ensino e um dos professores do Cooperjovem no Rio. Para ele, o programa leva informação e ferramentas para que os docentes participantes pensem e desenvolvam soluções para problemas de suas escolas e da comunidade do entorno, considerando o contexto local.

Já Luiz Edson Feltrin, Superintendente do Instituto Sicoob, disse que aos presentes levava a palavra gratidão pelo trabalho de todos junto aos estudantes. “Uma cooperativa -afirmou- é uma sociedade de pessoas que se preocupam com a sua comunidade, e levando a semente do cooperativismo aos jovens, tenho a certeza de que teremos um país melhor.”

O Diretor-Presidente do Sicoob Fluminense, Neilton Ribeiro da Silva, citou a grandiosidade do Cooperjovem, na medida em que “foi preciso fôlego, pois este ano não foi fácil para as instituições. Mas chegamos a este final com a consciência tranquila do dever cumprido e na certeza de estarmos no caminho certo, indo ao encontro dos professores, e, assim, impactando os alunos” - enfatizou.

Também se pronunciaram:

Nábia Jorge, Diretora Operacional/Sicoob Central Rio (“Para nós a importância do projeto reside no auxílio à transformação da educação no estado, o que deverá ser o legado do Sicoob. O Coperjovem leva a cultura da cooperação, e é primordial o trabalho conjunto e parceria dos professores, comunidade e poder público.”)

Monique Neves, representante de Vinícius Mesquita, Presidente da OCB/RJ Sescoop (“Queria agradecer a participação de todos. Temos certeza de que teremos um futuro melhor com o engajamento das instituições em torno do cooperativismo.”)

Lia Márcia Almeida, secretária de Educação de São Fidélis, representando todos os secretários (“O Cooperjovem é uma paixão. A prática na sala de aula nos dá a certeza disso, e quero muito agradecer aos professores pelo trabalho e empenho.”)

Silvana Lemos, Coordenadora do Instituto Sicoob/RJ ("Depois de dois anos podemos ver o amadurecimento de toda a equipe e os resultados positivos, a partir das parcerias com o poder público. Todo ano são novas turmas, e consequentemente um novo trabalho, com novos desafios, mas a resposta ao esforço é muito positiva.")

Entre os presentes, Raphael Damasceno, sub-secretário pedagógico da secretaria de Educação de Campos; a Presidente e a vice-Presidente do Conselho de Administração do Sicoob, Vera Almeida e Eunice Nogueira; e a Presidente do Conselho Fiscal, Mônica Pinto.

Sohob

As palestras, muito concorridas, ficaram por conta de Diego Mahfouz, escritor, professor e diretor escolar, que falou sobre Reconstrução Coletiva: Um Relato de Sucesso e Superação na Educação Integral; e Giovana Xavier, doutora em História Social, professora da UFRJ e coordenadora do Grupo Intelectuais Negras, que abordou Raça e Representatividade na Sala de Aula.