Terça, 22 Outubro 2019 22:33

Palestra de Cláudio Thebas movimenta o Trianon Destaque

Na tarde de terça-feira, 22 de outubro, centenas de professores da rede pública municipal de Campos dos Goytacazes foram encantados pelo educador Cláudio Thebas, a partir de sua palestra “Ludicidade, escuta e cooperação".

O evento, disponibilizado pelo Instituto Sicoob para as prefeituras que são parceiras nas atividades da instituição, especialmente no programa Cooperjovem, também fez parte do II Seminário Educar para Transformar, realizado pela Prefeitura de Campos, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Smece) e Sicoob Fluminense.

A orquestra Camerata de Violões do Instituto Federal Fluminense (IFF) Centro abriu o encontro. Logo depois, a gestora responsável pelo Instituto Sicoob no Rio de Janeiro, Silvana Lemos, falou sobre o trabalho desenvolvido pela instituição, com ênfase nos projetos Cooperjovem, de capacitação para a educação cooperativista, e de educação financeira, que abrangem diversos municípios cobertos pelo Sicoob Fluminense.

Tebaa

Representando a cooperativa de crédito estiveram a assistente social Maria Clara de Oliveira, responsável pela coordenação dos eventos desenvolvidos junto com o Instituto Sicoob, e a Presidente do Conselho de Administração, Vera Almeida, que, na oportunidade, falou sobre educação, cooperativismo e sociedade: “estou duplamente feliz neste encontro, por ser professora e pertencer a uma cooperativa. O Coperjovem, por exemplo, divulga o cooperativismo junto a quem desenvolve o saber, o professor. A construção de uma sociedade ideal está em nossas mãos, e sem dúvida passa pelo cooperação.”

Tebab

Em seguida, as atenções se voltaram para Cláudio Thebas, apresentado como educador, palhaço, palestrante, publicitário e especialista em questões essenciais de relacionamento como escuta afetiva e confiança.

Com cerca de 700 mil livros vendidos e já tendo feito palestras para mais de 500 mil pessoas pelo país, Thebas realizou diversas atividades lúdicas com os participantes e exibiu vídeos de suas experiências. Ele desenvolveu um laboratório de escuta e convivência justamente para “sermos uma sociedade mais escutadora”.

Tebac

Para o palestrante, que se define mesmo como palhaço, a sociedade não foi preparada para escutar, e neste sentido o papel do educador é o de “abrir um campo de afetividade”.

No roteiro traçado pelo Instituto Sicoob, depois de Carapebus, dia 21, e de Campos, dia 22, as palestras de Cláudio Thebas acontecerão dia 23 em São Fidélis, dia 24 em São Francisco do Itabapoana e dia 25 em Mendes.